quarta-feira, 29 de junho de 2011

La Vela Puerca - Burbujas (Bolhas)

Letra: Teiseyra
Música: Teysera y Lieutier
Tradução: Teo Oliver


Yo por más que pienso no puedo entender

Cuánto más te falta para reaccionar

Es mucha la agonía y tú con un café

Seguro por la noche va a ser un champán


Ya lo tenés todo, pero querés más

No sea que le dejes algo a los demás

Sufriendo con la tele se te puede ver

Pero si ves miseria cambiás de canal


Sólo te preocupa lo que quieras ver

Tu mundo se reduce a lo que vos jugás

Y nos ves

Que a este mundo jodido ya le sale pus

Y vos estás fregado fuera y dentro de él

¿o acaso ya no ves sobre qué están tus pies?


A vos te ilumina un sol artificial

Sólo te motiva lo que es material

¿cuánto de tu vicio vas a perder hoy

junto a tu ceguera que es muy natural?


La calle te mira y se ríe de ti

Sabe que algún día te la va cobrar

Vos seguí pensando sólo en ser feliz

Siempre estando ajeno a todo lo demás


Sólo te preocupa lo que quieras ver

Tu mundo se reduce a lo que vos jugás

Y nos ves

Que a este mundo jodido ya le sale pus

Y vos estás fregado fuera y dentro de él

¿o acaso ya no ves sobre qué están tus pies?


Una aguja va conmigo

Tu burbuja pincharé

La tuya y de tus amigos

Y ninguna dejaré

tradução:..............................................................................................................

Bolhas


Eu, por mais que pense, não posso entender

Cuanto mais te falta para reagir

É muita a agonia e voce com um café

Com certeza pela noite, será um champagne


Já tens tudo, mas quer mais

Não seja que deixes algo aos demais

Sofrendo com a tv se pode ver

Mas se veis miseria, trocas o canal


Só te preocupa o que você quer ver

O seu mundo se reduz ao que voce joga

E não veis

Que a este mundo fudido já lhe sai pus

E voce que estas esfregado fora e dentro dele

Ou acaso não veis sobre o que estão os seus pés?


A você, te ilumina um sol artificial

Só te motiva o que material

Junto a tua cegueira que é muito natural?


A rua te olha e ri de você

Sabe que algum dia vai te cobrar

Você continue pensando só em ser feliz

Sempre estando alheio a tudo o demais


Só te preocupa o que você quer ver

O seu mundo se reduz ao que voce julga

E não veis

Que a este mundo fudido ja lhe sai pus

E você que esta esfregado fora e dentro dele

Ou acaso não veis sobre o que estão os seus pés?


Uma Agulha vai comigo

E sua bolha eu vou furar

A sua, e a de seus amigos

E nenhuma deixarei


Resolvi traduzir essa música pois acho a letra muito boa, muito critica e inteligente...essa banda é muito importante para mim e as letras são sempre carregadas de sentimento e significado...quero ainda traduzir muitas outras e colocar por aqui.

2 comentários:

Anônimo disse...

Boa demais!! La Vela representa.

Anônimo disse...

No link a música ta muito rapida!