sábado, 3 de setembro de 2011

Murga Uruguaya

por Teo Oliver


A murga apareceu em minha vida para valer em 2008. Como vocês sabem, minha família é Uruguaya…e foi lá que tudo começou.

Murga é como um coral/grupo de 13 a 17 pessoas e 3 percurcionistas, Chinbau (de mão), bumbo, e caixa. É uma manifestação bem bairrista, popular.
Elas se apresentam no Carnaval do Uruguay (normalmente de fevereiro a março) nos tablados. Antigamente, os tablados eram tablados mesmo, ou seja, varias tábuas em cima de qualquer suporte. Hoje em dia são palcos montados na rua, em clubes ou praças.

Na Murga existe a figura do Maestro, que é o cara que da o tom e orienta os músicos do começo ao fim. Tudo isso sempre dançando junto com o grupo, indo de um lado ao outro…(para quem conhece, sabe que existe uma dancinha sensacional bem característica dos murgueiros!).
As letras são sempre politizadas e muito bem humoradas, cheio de piadas bem fortes, abordando acontecimentos importantes do ano que se passou.

De tempos para cá, apareceram o que vieram a ser chamadas Murgas Jovens, que como ja diz o nome, são compostas por um pessoal mais jovem e tem uma abordagem muitas vezes mais filosófica e teatral do que as murgas tradicionais.

 Meu primeiro contato para valer com com as murgas foi em 2008.


Tinha ido ver a murga Agarrate Catalina, que na época apresentava o cuplê "El Viaje".
O cuplê pode ser entendido como a obra apresentada, ou mais precisamente a parte do meio onde a Murga desenvolve o tema.

Me apaixonei instantaneamente. A introdução com todas aquelas vozes super fortes harmonizando perfeitamente bem entre elas, fazendo as melodias mais lindas com letras super inteligente e a bateria vibrando forte no peito. Emocionante demais.

A Catalina é uma Murga jovem, que aborda magistralmente temas filosóficos e políticos.

Nesse ano eles falavam sobre a velhice e a morte, anteriormente já tinham falado sobre o Tempo, sobre o Ser Humano e depois sobre a "Gente Comum" e a Civilização. Com o tempo eu vou ir traduzindo e postando algumas músicas por aqui.
Nesse mesmo ano, vi todas as murgas que pude no clube do Defensor…Diablos Verdes, Curtidores de Hongos e algumas outras…e só para constar, vi também os Parodistas Singaros…SI SI Singaros!

Desde então, faço um esforço enorme para ir aos tablados em todos os carnavais, até hoje, desde 2008, não faltei em nenhum!

Quer ouvir a Catalina?
http://www.agarratecatalina.com.uy/


Fotos: Wikipedia
Mais informações:



0 comentários: