quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

O corpo coletivo e a morte da canção? – Luiz Tatit e Fernando Chuí



A vida em rede e a cultura musical compartilhada. O corpo em evidência e o fim da sutileza poética no contexto da música pop. A partir da conversa com o compositor e professor da USP Luiz Tatit, O programa pretende discutir de que formas o gênero canção – normalmente associado ao romantismo e a elevação do espírito – perdeu sua força na nova juventude constituída na chamada web 2.0 e como a música festiva se mantém viva no ideário musical contemporâneo.
Com Luiz Tatit e Fernando Chuí.

Palestra do módulo Tribos sem terra : juventude 2.0, de Hamer Palhares e Fernando Chuí.

Gravada no dia 1 de abril de 2011 em Campinas

by Cpfl Cultura

Obs: Muito interessante, vale a pena ver principalmente os últimos 40 ou 50 minutos, nos quais se discute sobre industria cultural, o rock brasileiro cantando em inglês ou português, sobre o significado de "gênero", composição, o valor e espaço da canção brasileira e etc...

(...não gostei do Luiz Tatit ficar falando bem da Globo...)

0 comentários: