sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

Março Negro - Black March

por Teo Oliver

    O pessoal do Anonymous propõem que em março não se compre ou baixe Dvds, Livros, Jogos, Músicas, Filmes, Discos e Revistas de modo a mostrar a nossa insatisfação e protestar contra o modelo que as grandes corporações ditam a nossa sociedade.
    Mais do que como uma forma de protesto, vejo nesse momento uma grande oportunidade para que as pessoas procurem novas alternativas de informação e entretenimento. Além de todas as obras que estão em domínio público que podem (e devem) ser apreciadas, há uma imensidão de músicos, jornalistas, escritores, roteiristas, diretores de cinema, enfim, artistas em geral que tem seu conteúdo licenciado de forma aberta, livre. Fora blogs e revistas online feitos por pessoas competentes e serias, que tem à informação e a nós o devido respeito que merecemos. Diferentemente dos jornais e revistas consagrados que todos já conhecemos.


Deixo indicado aqui alguns motores de busca de conteúdo livre e indicações para você não passar seu março no escuro.


-Portal Dominio Publico - Biblioteca Digital Desenvolvida em Software Livre


-CC Sheach - Encontre contúdo que você pode partilhar, usar e remisturar


-Internet Archive - Acesso universal ao Conhecimento


-Bagagem - Aplicativo que distribui música brasileira livre


-Jamendo - Abra seus ouvidos


-Free Music Archive - "It's not just free music; It's good music"


-Open Library - Livraria Aberta


-Overmundo - Site colaborativo voltado para a cultura brasileira e a cultura produzida por brasileiros em todo o mundo


-Baixa Cultura - Informação, divulgação e discussão de conceitos, acontecimentos e propostas ligadas à cultura livre e à (contra) cultura digital


-Wikipedia - Enciclopédia Livre


-Diaspora - Rede Social colaborativa


Bom, existem muitos outros sites livres interessantes, mas acho que por enquanto assim já está mais do que suficiente para você se divertir nesse mês que esta por vir. Logo mais vou organizar um post com mais indicações alternativas.


Obs: Para quem gosta do Flickr, nas opções de busca você pode selecionar apenas imagens em Creative Commons também. 

0 comentários: