quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

Por que o Reino Unido é o país da música no mundo? (Será?)


Está rolando uma promoção no site http://blog.clubnme.com.br/?page_id=7540. Quem responder de forma mais criativa a pergunta: "Por que o Reino Unido é o pais da música?" ganha 3 dias em Londres com tudo pago.

Para começar, quero dizer o seguinte: Não, a Reino Unido não é o país da música e isso não existe. Mas vamos fingir que sim, só para entrar na brincadeira. Dito isso, eis a minha resposta para a promoção:

O Reino Unido é o país da música por conta da colonização e exploração da Africa e da America Latina que os puseram em posição de vantagem. Dessa forma, obtendo o poder para impor a força os valores Britânicos, o que resultou numa dominação cultural. O Rock e toda a cultura deles foram enfiados goela a baixo em todos nós, os colonizados. E nós continuamos a reproduzir isso até hoje. Vide as bandinhas "cult" novas que aparecem por ai, que nada mais são do que um cover mal feito de Beatles e Strokes.

Será que se eu mandar essa resposta eu ganho?...

Obs: De forma nenhuma estou falando que o Rock é ruim ou sem qualidade artistica, na verdade, sou grande admirador dos estilo. Mas não podemos esquecer a historia da dominação cultural que Brasil e muitos outros países do mundo sofreram. O Reino Unido (ou a Europa como um todo) e o filhinho deles, que depois se tornou pai, os EUA, tem sim uma herança historica de dominação e exterminio, e deveriam assumir a responsabilidade por isso.

Promoção: http://blog.clubnme.com.br/?page_id=7540

3 comentários:

Camilla disse...

Olha, fiquei bem puta com a promocao, nao necessariamente pelos mesmos motivos.
Mas, de fato nao concordo que o reino Unido seja o principal representante do genero, mas enfim... Acho que deve enviar sim a sua resposta . Eu enviei uma bem master idiota ;)
Acho que eles poderiam ter feito outra perunta pra estimular as pessoas, mas como nao tem valor agragado Teo.. manda sim!!! Vai que ganha ?!?!
E na boa, estava esperando algo mais revoltado , por se tratar de música, imposicao....

Camilla

Victor Secco disse...

A resposta tem sentido... mas a Inglaterra não apenas colonizou a Africa e a America como também quase toda a Asia, a Australia e bom, foi o maior Imperio Colonial de sua epoca. Ao meu ver isso tem dois aspectos, um deles vc comentou, eles tinham (e tem ainda) "poder" (me pergunto oq significa na realidade isso?!) para impor seus gostos e sua cultura sobre os outros, mas por outro lado essa expansão colonial fez com que a Inglaterra tomasse para si muitos dos elementos que encontrou pelo caminho, transformando a sua própria produção mais multicultural. Para entender melhor ainda a pergunta, vale a pena lembrar que toda essa expansão, trafego de gente, objetos e costumes fez a Inglaterra um grande Centro de poder durante muito tempo (e talvez ainda seja um pouquinho o "centro do mundo"), assim que tudo deveria ou queria passar por ali. Razões para tudo isso, talvez uma capacidade mais aguçada de organização social e material, e como não a revolução industrial fruto de tudo isso junto e misturado.

E um outro ponto é o estereotipo do que é a "musica britanica". Claro que logo se pensa nas bandinhas indie e cult, como vc bem disse, e eu acho que a pergunta deles se refere a isso mesmo. Mas num pais tão tão cheio de imigrantes quanto o Reino Unido hoje me parece difícil juntar o que é produzido ali num só termo, exceto por razões geograficas (de produção, pq as influencias/origens estão espalhadas por todo lado).

Cito, um que eu acho incrivel - Cornershop (britanicos, de origem indiana/asiatica, vale a pena ouvir)
Essa rede de musicos "folk" ingleses e não ingleses: http://thenestcollective.co.uk/
que foi organizada pelo Sam Lee: http://samleesong.co.uk/, que tem um trabalho bem interessante!

E com certeza muito mais coisa interessante, que foge um pouco do padrão brit-pop que nos chega mais facilmente.

D. P. B. disse...

é... a pergunta afirmativa complica tudo... apenas explique, não questione a "verdade".
Primeiramente, o que garantiria este título a um país? Pode-se levar em conta alguns fatores:
- A quantidade de artistas;
- A quantidade de shows realizados;
- A quantidade de público que comparece em tais shows;
- A variedade de estilos musicais;
- A quantidade de músicas e discos produzidos, vendidos e pirateados;
- A quantidade de receita gerada através da música;
- A quantidade de escolas de música.
Até aí tudo bem, estes são valores mensuráveis e resultariam em um valor numérico onde a Inglaterra poderia até perder para o Brasil, por exemplo. Mas e se levássemos em conta também os seguintes fatores:
- A qualidade da música produzida;
- Assiduidade de público;
- Empolgação do público nos shows;
- Qualidade da performance/interpretação dos músicos ao vivo;
- Qualidade das escolas de música;
- Comparação entre estilos musicais (qual exige mais/menos trabalho e estudo);
- Preferência de estilo da população.
Esta segunda lista contêm apenas alguns fatores que impossibilitam rotular o "País da música no mundo", pois todos eles são subjetivos e tendenciosos - resumindo: gosto é como o orifício de excrementos.

O rock britânico, eu considero, sim, o melhor do mundo, pois são de lá a maioria das bandas que eu gosto, mas também há algumas que considero lixo.
Se a questão afirmasse "o país do rock" ou, até mais detalhadamente "o país do indy rock", seria mais fácil de engolir.
Então, analisando a segunda parte da questão "Explique por que" (que é a essência pergunta), vamos considerar que estamos falando do "país do rock no mundo", pois suas bandas de rock possuem maior destaque em âmbito internacional.

ps: esta é a primeira parte do comentário, quando eu criar ânimo para escrever o resto, postá-lo-ei.
ps2: este comentário foi postado por livre e espontânea vontade e encontrei este post aleatoriamente na internet. E tenho dito...