domingo, 23 de março de 2014

Qual a relevância do ECAD?

por Teo Oliver
"Inventou o fogo - Não processa todo mundo por copiar"

Muita gente esta discutindo as novas porcentagens e regras do ECAD. Tudo bem, isso ainda é importante (infelizmente). No entanto, acho que mais do que isso, importante mesmo é discutir a relevância do ECAD e dos direitos autorais. Para mim, como vocês já sabem, eu não gosto nem de uma coisa nem da outra.

Já faz tempo que eu venho estudando e escrevendo sobre Cultura Livre (o CantoDoMundo) esta lá (aqui) para isso.

Acredito que a cultura deve ser acessivel a todos, não só no sentido de "consumo" mas no de produção, e reutilização.

A nossa lei diz, que a partir do momento que o autor idealizou e registrou um obra, de qualquer forma que seja, ela já esta protegida pelos direitos autorais. Eu penso o contrario, todo conteúdo artístico imediatamente após ser produzido é automaticamente propriedade de todos...ou melhor, propriedade de ninguém.

Eu sei que é complicado...esse tipo de pensamento sugere um novo sistema político/econômico/cultural. Mas não é exatamente isso o que estamos precisando?

0 comentários: